sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Ciranda




A ciranda é uma dança muito conhecida no Brasil como brincadeira infantil, porém na região Nordeste, principalmente em Pernambuco, ela é uma dança de rodas de adultos. Os participantes podem ser de várias faixas etárias e as crianças também podem participar. A ciranda é uma dança típica das praias, especialmente no norte pernambucano, mas sua prática não se restringe ao litoral.
Desde 1961 a ciranda faz parte de todas as festas folclóricas do Recife. É uma dança de roda, cantada e dirigida pelo "Mestre Cirandeiro", responsável por tirar as cantigas (improvisar os versos). Forma-se uma roda e de mãos dadas todos seguem na batida do 'bumbo' ou 'zabumba'. Os participantes são denominados de cirandeiros e cirandeiras, também participam da dança o mestre, o contra-mestre e os músicos, que ficam no centro da roda. Os dançadores rodam balançando o corpo à medida que fazem o movimento de translação em sentido anti-horário. A coreografia é bastante simples: no compasso da música, dá-se quatro passos para a direita, começando-se com o pé esquerdo, na batida do bombo, balançando os ombros de leve no sentido da roda. Há cirandeiros que acompanham esse movimento elevando e baixando os braços de mãos dadas.O ganzá, o bombo e a caixa formam o instrumental básico de uma ciranda tradicional. Às vezes, encontram-se ainda a cuíca, o pandeiro, a sanfona, ou algum instrumento de sopro. As músicas cantadas pelo mestre podem ser aquelas já decoradas ou improvisações, ou até mesmo canções populares desenvolvidas em ritmo de ciranda. Os passos da dança variam com a própria dinâmica da manifestação. Geralmente começa com uma pequena roda de poucas pessoas, que vai aumentando à medida que outros chegam para juntar-se ao grupo.

Uma das cirandas mais conhecidas é a de Antônio Baracho da Silva:


Estava
Na beira da praia Ouvindo as pancadas
Das águas do mar
Esta ciranda
Quem me deu foi Lia
Que mora na ilha
De Itamaracá

15 comentários:

Natália Ribeiro disse...

Jú, o blog tá fofo! Embora eu não saiba muito soube Folclore nordestino pelo menos acho o Nordeste bem legal!

Lili disse...

Ju, adorei o blog!!!
Eu sou ceariba rs
Muito bom mesmo :)
Bjssss

Ingrid disse...

Caramba, tô malz... não conheço essa ciranda q pelo jeito é uma das mais-mais....
HUEAUHEAUHAEUHAEU
;D

Fefehm disse...

Pô, valeu por ter posto todas essas informações na internet de maneira fácil!

preta disse...

Puts , olha tenho que te agradecer, faço parte de um grupo musical aqui de são paulo e estavamos atras dessa letrinha!
valeu pela força
seu blog está bem interessante
vivian lumumba

Rodnellie disse...

adorei o trabalho à pesquisa foi bem elaborada.
sou de Olinda tenho um grupo de percução com meu irmão wendell(Bara)aqui em paris(França) trabalhamos especificamente enssima da Cultura de Pernambuco e buscamos informações simples e detalhadas pra falar um pouco da nossa Cultura
jà que enssinamos;coco,maracatu Ciranda,cavalo marinho e entre outros...
mas a nossa praia é mais percução gostaria de saber si a possibilidade de utilizar a sua pequisa para passar um pouco da nossa cultura para nossos alunos seria de grande ajuda mas se não for possivel tudo bem
muita sorte e continue com esse tipo de pesquisa é um orgulho para nòs Brasileiros.

Priscila Soares disse...

gostei muito do seu blog,é legal ver que alguém tem a preoculpação de mostrar a clutura nordestina.Gostei mesmo.

cris disse...

oi jú eu sou a Cris e gostaria que vc me mandasse sugestôes de músicas fólcloricas para a nossa festa da escola RBM desse ano que já vamos começar a preparar.
Adorei o seu blog. Bjus!

sol disse...

gostei muito!

Poeta Rivaldo Meneses disse...

Muito seu blog!
AS informação sobre ciranda, bem precisa.
Prabens!

Meus amados livros disse...

Que doido este blog

pedro lucas bastos soares disse...

esse blog não presta pra nada!!!

pedro lucas bastos soares disse...

esse blog não presta pra nada!!!

Ana Liza disse...

Nossa, me ajudou muito no meu trabalho. Ta tudo bem explicadinho e o texto nem é tão grande. vlw

88685010 disse...

EU SOU O ZÉ DO FORRÓ, E FAÇO PARTE DA CULTURA NORDESTINA QUE DIGO DE PASSAGEM É MUITO LINDA..