segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Bumba-meu-boi




O bumba-meu-boi é um espetáculo do folclore nordestino e, provavelmente, o mais conhecido de todo o país. O folguedo deriva de tradições espanhola e portuguesa, e sua origem se encontra no final do século XVIII. Surgiu no nordeste, mas disseminou-se por quase todos os estados, especialmente os do Pará e da Amazônia.

Em cada região o folguedo é representado de forma particular, mas sempre mantendo suas tradições nordestinas. No Rio de janeiro é chamado de Bumba-de-reis, no Maranhão, Rio Grande do Norte e Alagoas é chamado Bumba-meu-boi e no Pará e Amazonas de Boi-bumbá.

A brincadeira faz dançar, cantar e tocar, em volta de uma carcaça de boi bailante. Um agregado de pessoas chamadas brincantes completa a festa. A dança monstra o contraste entre a fragilidade humana e a força bruta de um boi, e o desenlaçe é sempre feliz.

O espetáculo é representado com o público de pé, formando um círculo. O boi, personagem principal, é construído em uma armação de madeira coberta de pano colorido e enfeitado. Uma pessoa fica dentro do boi, pulando, dançando e avançando sobre o público. No bailado existem figuras humanas e animais. E o enredo não muda: o boi da pastorinha se perde e ela sai a sua procura pelos arredores e vai encontrando os vários personagens no caminho. No final o boi é morto e ressuscitado. O período de maior eferfescência do folguedo é em junho, sendo parte integrante das festas juninas.


4 comentários:

Ingrid disse...

juuu sabia q eu já vi várias apresentações do bumba-meu-boi??
é q eu morei um ano em São Luís!!
;D

bjaaaaoooo!

leticia disse...

nossa parabens ficou otimo

Tuanny disse...

Gostei do blog, você pode colocar também algumas representações artísticas como a dança. Ex: Coco, maculelê, maracatu, frevo... Seria interessante!

Kayla Frost disse...

Parabéns Pelo blog maravilhoso as informações aqui encontradas ajudou muito no desenvolvimento de um trabalho da faculdade. Fique aqui registrada minha graditão e meus parabéns pelo blog!....

Bjosss.